segunda-feira, 2 de maio de 2016

Prefeitura de Parnaíba autoriza aumento de passagens a partir desta segunda


Passagens mais caras para um serviço sem qualidade
Através do decreto 2.569/2016, assinado pelo prefeito Florentino Neto e pelo secretário municipal de transportes e trânsito, Antônio Neris Machado Júnior, a prefeitura de Parnaíba autorizou que a partir da próxima segunda feira, dia 2, as passagens nas vans que servem como os únicos meios de transporte coletivo em Parnaíba sejam reajustadas. Atualmente cobradas a R$ 1,50 a inteira, com a meia a R$ 0,75, passará para 1,80 a inteira e a meia passagem passará para 0,90 centavos. O anúncio vem sendo feito dentro das próprias vans, pelos cobradores.
A justificativa da Cooperativa dos Transportes Alternativos de Parnaíba são os aumentos do combustível e o encarecimento de peças. Mesmo existindo um Conselho Municipal de Transportes, nada foi informado a respeito do posicionamento do presidente do órgão, que vem a ser o mesmo secretário dos transportes, Neris Junior.
Enquanto a Prefeitura determina o aumento nas passagens, por outro lado esquece a necessidade de melhorias no setor, cobradas há anos. Desde a gestão do ex-prefeito José Hamilton que a prefeitura não constrói sequer um abrigo de passageiros e os usuários dos transportes alternativos continuam sendo obrigados a encararem o sol e a chuva enquanto aguardam condução.
Há 4 anos existe no Tribunal de Justiça do Piauí, nas mãos do desembargador Brandão de Carvalho, uma liminar impetrada pela Cooperativa dos Transportes Alternativos de Parnaíba (Coopertranp) que impede que a Prefeitura faça licitação para que ônibus possam operar nas linhas hoje ocupadas apenas pelas Vans.
“É interessante verificar que existem 3 (três) advogados defendendo a Coopertranp nesse processo, contra apenas um advogado da Prefeitura Municipal de Parnaíba. O processo se arrasta desde, 2011, sem nunca ter ido ao plenário do TJ-PI para ser julgado. Eu não sou da área jurídica, mas acho um absurdo uma liminar passar 4 (quatro) anos engavetada e os defensores da Prefeitura Municipal de Parnaíba não tentarem fazer esse processo tramitar normalmente, como deveria ser”, comenta o fotógrafo Walter Fontelene, que é pré-candidato a vereador pelo PPS e está fazendo um levantamento a respeito do assunto.
Fonte: Jornal "Tribuna do Litoral"

Nenhum comentário:

Postar um comentário