segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Polícia Ambiental faz operação e apreende mais de 200 animais silvestres

O Batalhão de Polícia Ambiental fez a apreensão de 200 animais silvestres presos em cativeiros de pelo menos três bairros de Teresina. De acordo com o sargento Geraldo de Oliveira, a maioria dos animais apreendidos são pássaros, mas também foram resgatados dois jabutis e 14 marrecos em um único endereço na avenida Centrnário, zona Norte da capital.


"A operação começou de manhã e tem parceria da SEMAR. Estivemos nos bairros Aeroporto, Deus Quer e Renascença e em todos os locais os animais foram recolhidos.
A multa aplicada para o flagrande de animais em cativeiro pode chegar a R$ 500. Segundo o sargento nenhum animal estava ameaçado de extinção e cada endereço recebeu uma multa adequada.
Os animais foram encaminhados para avaliação veterinária e já estão sendo libertos pelos próprios policiais na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). A operação se concentrou nas zonas Norte e Sudeste, mas já foi desencadeada pelo batalhão de Pol´ciia Ambiental no início do mês.
"Alguns animais não tem condições de ser soltos e passarão por avaliações mais detalhadas, mas já estamos libertando todos os que foram avaliados", concluiu o policial.
"A operação começou de manhã e tem parceria da SEMAR. Estivemos nos bairros Aeroporto, Deus Quer e Renascença e em todos os locais os animais foram recolhidos.
A multa aplicada para o flagrande de animais em cativeiro pode chegar a R$ 500. Segundo o sargento nenhum animal estava ameaçado de extinção e cada endereço recebeu uma multa adequada.
Os animais foram encaminhados para avaliação veterinária e já estão sendo libertos pelos próprios policiais na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). A operação se concentrou nas zonas Norte e Sudeste, mas já foi desencadeada pelo batalhão de Pol´ciia Ambiental no início do mês.
"Alguns animais não tem condições de ser soltos e passarão por avaliações mais detalhadas, mas já estamos libertando todos os que foram avaliados", concluiu o policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário