segunda-feira, 27 de março de 2017

Ministério da Agricultura determina interdição de mais dois frigoríficos

Com decisão anunciada nesta segunda, governo já interditou cinco frigoríficos alvos da Operação Carne Fraca. Unidades ficam no Paraná e terão de recolher mercadorias.





O Ministério da Agricultura informou nesta segunda-feira (27) ter determinado a interdição de mais dois frigoríficos alvos da Operação Carne Fraca. As unidades estão localizadas em Colombo e em Balsa Nova, no estado do Paraná.

No último dia 17, quando a operação foi deflagrada pela Polícia Federal, três frigoríficos já haviam sido interditados e seriam submetidos a novas fiscalizações.
Segundo o Ministério da Agricultura, a decisão de interditar mais dois frigoríficos foi tomada após auditorias de fiscais.
As unidades alvos da decisão do governo são os frigoríficos Souza Ramos, em Colombo, e o Transmeat, em Balsa Nova.
G1 buscava contato com os frigoríficos até a última atualização desta reportagem.
O ministério não especificou os motivos das interdições e informou que foram encontrados indícios de falhas nas unidades.

Recolhimento dos produtos

Na última sexta (24), a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Ministério da Justiça, determinou que todos os produtos dos frigoríficos Souza Ramos, Transmeat e Peccin sejam recolhidos do comércio.
A unidade da Peccin foi uma das três que já haviam sido interditadas pelo Ministério da Agricultura.
O frigorífico Souza Ramos, um dos novos interditados, está instalado em Colombo (PR) e era investigado por suposta substituição de matéria prima de peru por carne de outras aves e por trocar favores por procedimentos de fiscalização.
Já o Transmeat fica em Balsa Nova (PR) e foi acusado, no inquérito da Carne Fraca, por corrupção e injeção de produtos cárneos.

Novas interdições

De acordo com o Ministério da Agricultura, o número de frigoríficos interditados ainda pode aumentar, isso porque o ministro Blairo Maggi fará, ainda nesta segunda, um balanço das auditorias nas 21 unidades alvos da Carne Fraca.

Fonte: g1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário