sexta-feira, 21 de julho de 2017

Atrações artísticas marcam abertura oficial da IX Conferência Municipal de Assistência Social

Foi aberta oficialmente, na noite desta quinta-feira (20), no auditório da UESPI, a IX Conferência Municipal de Assistência Social, com a presença do prefeito, Francisco de Assis de Moraes Sousa (Mão Santa) e esposa, Adalgisa de Carvalho M. Sousa, que é a titular da Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc);  secretário de saúde, Valdir Aragão, Procurador Geral do Município, Ricardo Mazulo,  Superintendente de Comunicação, jornalista Bernardo Silva, além do presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Osvaldo Mavignier, dentre outros.


A Mesa de honra foi composta pelo prefeito Mão Santa e esposa, Adalgisa; Vereador Bernardo Lima, representando o Presidente do Poder Legislativo; procurador do Município Ricardo Mazulo, presidente do CMAS, Osvaldo Mavignier e pelo senhor Antônio de Pádua Véras de Oliveira (Pinduca), do Cras do Bairro São Vicente de Paula.
Antes da parte oficial propriamente dita, foram feitas duas apresentações artísticas, quando subiram ao palco, para uma pequena apresentação, o grupo cultural “Boi Novo Garantido”, do bairro Alto Santa Maria, e a quadrilha junina “Anarriê”, do Parque José Estêvão, todos bem aplaudidos, repetindo o sucesso de apresentações feitas por ocasião do Festival do Folguedos São João da Parnaíba, no mês passado.

Chamado para fazer uso da palavra, o presidente do CMAS, saudou a mesa de honra, na qualidade também de representante da Famepi (Federação da Associações de moradores) e Confederação Nacional de Moradores, citando a importância do encontro que vai discutir as políticas públicas de assistência social, norteando as formas de aplicação dos recursos da população


Por fim, falou o prefeito Mão Santa, lembrando, no início de seu discurso, de haver sido ele o governador que inaugurou aquela estrutura da Uespi, quando realizou uma verdadeira revolução no ensino universitário de Parnaíba. Fez citações também dos 6 meses e 20 dias de sua administração como prefeito, destacando ser a sua administração, “um exemplo para o governo federal. A autoridade é moral. Eu tenho moral, a Adalgisa tem moral, nosso secretariado tem moral, e, irmanados com o poder legislativo, estamos mostrando ao país nosso modo de governar, pontuou Mão Santa.
Nesta sexta-feira a Conferência prossegue, durante todo o dia, com palestras que abordarão os mais variados e importantes assuntos, ligados à assistência social. O encerramento será às 17:30, depois da plenária final, com a leitura e aprovação das proposições e moções, eleição dos delegados da XII Conferência Estadual e entrega dos certificados aos participantes.
(SupCom- PMP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário