quinta-feira, 14 de abril de 2016

Parnahyba 2 X 1 Portuguesa: Primeira vitória do Parnahyba na história da Copa do Brasil


Para esta competição o Parnahyba se classificou ao vencer a Copa Piauí, competição disputada no segundo semestre de 2015. A Portuguesa conseguiu sua vaga pelo critério do ranking da CBF, onde ocupa a 32ª colocação.


A temporada do Parnahyba tem sido irregular até aqui. No primeiro turno do Piauiense, a equipe ficou de fora das semifinais. No segundo, com a chegada do técnico Paulo Moroni, são duas vitórias em casa e duas derrotas fora. A equipe ocupa a quarta colocação na tabela e está na briga pelo título e por uma vaga na Série D do Brasileirão.

A Portuguesa, apesar da tradição, não vive um dos seus melhores momentos. A equipe disputou a Série A2 do Paulistão e só escapou do rebaixamento para a terceira divisão estadual na última rodada. Extra-campo, o clube também vive um conturbado momento político.

Com a vitória o Parnahyba melhora seu histórico negativo na competição. Nas cinco participações anteriores, nunca conseguiu passar da primeira fase. Em nove jogos, Parnahyba não havia vencido na Copa do Brasil.

Primeiro tempo:

A Portuguesa se aproveitou do displicente Parnahyba e logo aos 4 minutos, Gustavo Tocantins ganhou de 3 pela esquerda e cruzou para Caio Cezar, que empurrou para o fundo das redes do Tubarão. O gol calou a torcida do Azulino, um profundo silêncio vinha da geral e das arquibancadas. Demorou, mas o Parnahyba foi equilibrando as ações e aos 30 minutos Idelvando, sempre ele, é finalmente recompensado pelo esforço. Acerta um belo chute de fora da área e vence o goleiro Luís Carlos empatando a partida. O empate fez com que a Lusa saísse mais para o ataque, deixando buracos na sua defesa, e foi numa dessa subidas rápida que aos 35 minutos, Fabiano tentou de bicicleta na área e a bola sobrou para o meio campista Ramon, que empurra para o fundo das redes, virando o placar para o. Parnahyba. O Tubarao ainda teve outras chances, com Marcos Gasolina de cabeça, nas cobranças de escanteio. Idelvando, o melhor em campo no primeiro tempo também teve mais uma chance que levantou a torcida, quando deu um drible desconcertante no lateral Cesinha e acertou um chute perigoso, mas por cima do travessão. Assim terminou o primeiro tempo com o Parnahyba na frente da Portuguesa depois de sensacional virada.

Segundo Tempo:

As duas equipes voltaram para a segunda etapa com jeitão de que o resultada agradava os dois lados. O Parnahyba, aquele do primeiro tempo, diminuiu demais a pegada. Logo no início se percebia que os jogadores estavam satisfeitos com o resultado e isto ficou claro depois dos trinta minutos quando o jogo era constantemente paralisado para atendimento de jogador da Portuguesa e do Parnaíba. Assim terminou a partida com a vitória do Parnahyba pelo placar de 2 a 1.

Próximo jogo, de volta, será no dia 26 de abril no Canindé em São Paulo quando o Parnahyba jogará por um empate.

O trio de arbitragem veio do Pará: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso foi o árbitro principal, auxiliado por Lúcio Ipojucan Ribeiro e Luís Diego Nascimento.

Paranhyba: Fábio, Tiago Granja, Marcos Gasolina, Renan, Rian, Ramon, Idelvando, Patrick, Luciano(Gilmar Bahia), Charles Chenko(Jessuíe) Fabiano. Técnico: Paulo Moroni.

Portuguesa: Luis Carlos(Douglas), Cesinha, Gulherme Almeida, Talis, Luan Peres, Vinícius, Fernando(Diego Gonçalves), André Beleza(Marcelo Labarthe), Caio Cesar, Bruno Mineiro e Gustavo Tocantins. Técnico: Anderson.

Por José Wilson | 

Nenhum comentário:

Postar um comentário