terça-feira, 28 de março de 2017

Morre ex-companheiro de cela de Mandela, o veterano da luta contra apartheid Ahmed Kathrada

Kathrada tinha 87 anos e estava hospitalizado desde o início de março.

Ahmed Kathrada, durante cerimônia de sepultamento do amigo e ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, em 2013 (Foto: Odd Andersen / Pool / Arquivo / Reuters)
Ahmed Kathrada, durante cerimônia de sepultamento do amigo e ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, em 2013 (Foto: Odd Andersen / Pool / Arquivo / Reuters)


O veterano da luta contra o apartheid Ahmed Kathrada, companheiro de cela de Nelson Mandela na prisão de Robben Island, morreu nesta terça-feira (28) em Johannesburg, aos 87 anos, informou a fundação que leva seu nome.
Ahmed Kathrada foi vítima de complicações após uma cirurgia, segundo a fundação.
Deputado e conselheiro do presidente Mandela em seu único mandato à frente da África do Sul, entre 1994 e 1999, Kathrada integrou o primeiro círculo de dirigentes históricos do Congresso Nacional Africano (ANC).
Conhecido por “Tio Kathy”, Kathrada, de 87 anos, estava hospitalizado desde o início de março. Nesta segunda (27), sua condição se deteriorou rapidamente, após ser afetado por uma pneumonia.
Kathrada dedicou sua vida a lutar contra a injustiça racial do governo da minoria branca. Ele também foi um dos mais altos líderes do Congresso Nacional Africano (ANC) a criticar o governo do presidente Jacob Zuma, como acusações de corrupção e má administração.
No ano passado, Kathrada escreveu uma carta aberta pedindo que Zuma renunciasse, acusando o governante de uma série de escândalos, de usar dinheiro dos contribuintes para melhorar sua fazenda.
Filho de pais indianos imigrantes na pequena cidade de Schweizer-Reneke, na província noroeste, pouco antes da “Grande Depressão”, em 1929, Kathrada se envolveu na política aos 12 anos quando distribuiu panfletos para a Liga dos Jovens Comunistas da África do Sul.
Depois de décadas de ativismo, foi sentenciado a prisão perpétua e trabalho duro em 1964, juntamente com Mandela, Walter Sisulu e Govan Mbeki.
Kathrada passou 18 anos prisão do apartheid Robben Island, a poucos quilômetros de Cape Town. Em 1982, foi transferido para a prisão Pollsmoor. Foi libertado em 15 de outubro de 1989, aos 60 anos, tendo passado pouco mais de 26 anos na cadeia.

Ahmed Kathrada foi companheiro de cela de Nelson Mandela na prisão de Robben Island (Foto: STEPHANE DE SAKUTIN/AFP)
Ahmed Kathrada foi companheiro de cela de Nelson Mandela na prisão de Robben Island (Foto: STEPHANE DE SAKUTIN/AFP)


Fonte: g1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário